Eu te Amo
Mais do que eu queria, mais do que eu devia

Como dizer quem sou se nem mesmo eu sei? Para uns posso ser uma coisa, para outros outra. Pessoas diferentes, visões diferentes, opiniões diferentes. Mas se quer mesmo saber a opinião dos outros, pergunte a eles, não a mim. Se quer saber o que os oturos pensam, não venha aqui. Meu tumblr, meus pensamentos. Talvez eu seja isso... Meus pensamentos. Ou talvez não, não sei. Não sei quem sou. Talvez você possa me dizer... talvez não.

Não tenho certeza de nada...
só que os verdadeiros permanecem contigo
theme by neurose. + inspiração dilacerar.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 »

Romântico e safado. Não cada um na sua hora e sim os dois juntos na hora certa

Por que você ama quem você ama?

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo à porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece a razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Então que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não tem a maior vocação para príncipe encantado, e ainda assim você não consegue despachá-lo. Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita de boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara? Não pergunte para mim.

Você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem o seu valor. É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar (ou quase). Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível. Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém. Com um currículo desse, criatura, por que diabo está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados. Não funciona assim. Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível. Honestos existem aos milhares, generosos tem às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!
Mas ninguém consegue ser do jeito do amor da sua vida!

Martha Medeiros



(Source: istcute-porn)


Perfect

(Source: royal-dick)






Please find me and remind me that love is not only fairy tales

Please…


Ex-romântica

Costumava ser romântica. Costumava trocar olhares e apaixonar-se por sorrisos. Costumava achar que toda mulher deveria um dia ganhar flores e que todos deveriam dizer e ouvir um “eu te amo” todos os dias, fosse para quem fosse.
Agora, continua achar tudo isso lindo. Porém, as esperanças perdidas, considera que só nos filmes o duradouro é real. Pergunta-se se isso é crescer e, se for, preferiria ter partido voando com Peter.



From 18 to 22 you meet a lot of temporary people.
— (via tattyz)

(Source: mydeepest-fear)